Em mais uma fiscalização do cumprimento das normas sanitárias do Decreto Governamental 609/2020 e Portaria 125/2020 da Diretoria de Polícia Administrativa, referentes ao enfrentamento do novo coronavírus, as equipes da Polícia Civil, Polícia Militar e a Vigilância Sanitária de Tucuruí apreenderam, nesta terça-feira (07), 230 litros de álcool 92,8%. 

VEJA TAMBÉM:

De acordo com a Vigilância Sanitaria de Tucuruí, esse produto tem venda proibida ao consumidor com base nas resoluções 46 e 350 da Anvisa, devido a sua alta concentração alcoólica (92,8%), o que torna um produto consideravelmente inflamável. 
Ainda segundo a Vigilância Sanitária, esse produto não tem eficácia contra o coronavírus, embora seja extremamente útil na higienização das unidades hospitalares e sirva de matéria prima para que um farmacêutico possa produzir o álcool 70%, esse sim eficaz. O material foi apreendido e o proprietário do estabelecimento autuado em flagrante delito.
De imediato, o delegado plantonista da 15° Seccional Urbana de Polícia Civil em Tucuruí, representou ao Poder Judiciário pela doação do produto às unidades hospitalares de Tucuruí, bem como as policias Civil e Militar.

O pedido foi deferido pela Justiça.  “O material será distribuído entre as unidades policiais da 9° RISP e equipes de saúde da região que trabalham na linha de frente do combate ao vírus”, explicou o delegado José Humberto de Mello, diretor de de Polícia do Interior.  
A entrega do material apreendido será realizada na tarde desta terça-feira (07) a representantes do Hospital Regional de Tucuruí, a Secretaria Municipal de Saúde e ao representante do Comando do Comando de Policiamento Regional IV, da Polícia Militar.