Chico foi morto na noite de sexta (31) quando estava sentado em uma cadeira e o homicida lhe aplicou dois golpes de faca no peito.

De acordo informações, em uma brincadeira, Chico teria derramado cerveja em Edinaldo, que não aceitou as desculpas da vítima. Chico atravessou a Rua E e sentou em uma cadeira, minutos depois foi surpreendido a facadas pelo homicida.

O empresário ainda foi socorrido por amigos e levado ao Hospital Municipal de Parauapebas, mas não resistiu aos ferimentos.

Chico era tido como uma pessoa bastante brincalhona e querido por onde passava. “Sempre foi uma pessoa de muitos amigos, trabalhador, honesto. É lamentável que tenha perdido a vida de forma tão banal”, diz Zeca Filho, um amigo de Chico por longas datas.