Carro envolvido em acidente que matou a cantora Cleide Moraes — Foto: Reprodução/ TV Liberal

O motorista do veículo que causou o acidente que matou a cantora paraense Cleide Moraes foi preso no início da tarde desta segunda-feira (27), em Benevides, região metropolitana de Belém. De acordo com a Polícia, ele estava na delegacia do município, prestando depoimento sobre o caso e, depois de “fortes indícios de embriaguez apresentados” no depoimento, foi preso em flagrante.

De acordo com a Polícia, o homem foi apresentado por policiais do Batalhão de Polícia Rodoviária (BRPv) no final da manhã, na Delegacia de Benevides para prestar depoimento. Na unidade, foi apresentado um Termo de Constatação de Alcoolemia (TCA), que atesta que o motorista estava embriagado no momento do acidente.

O resultado do TCA confirmou a perícia inicial realizada pela Polícia. Logo após o acidente, os agentes registraram, por meio de fotos e vídeos, várias latas de cerveja no interior do carro que causou o acidente.

De acordo com a Polícia, após lavratura do auto de prisão em flagrante, o condutor será encaminhado ao sistema prisional e estará a disposição da Justiça.

O veículo em que a cantora estava ficou totalmente destruído.

Veículo de cantora fica totalmente destruído após acidente. — Foto: Reprodução

O acidente