A Polícia Civil do Pará prendeu, na manhã desta segunda-feira (27), o sargento da Polícia Militar apontado como autor da tentativa de feminicídio contra a ex-companheira Ana Célia Teixeira ocorrido, no sábado (25), em Abaetetuba, município do Baixo Tocantins. Ele se apresentou na sede da Superintendência Regional do Baixo Tocantins, acompanhado de seu advogado e de um oficial militar.

Delegada Renata Gurgel, superintendente regional do Baixo Tocantins, fala sobre a prisão. “O preso em questão estava foragido desde que cometeu o crime e as equipes policiais estavam em diligências para localizá-lo. Poucas horas após o crime, a Polícia Civil reuniu informação da autoria do crime e representou pela prisão preventiva do acusado, prontamente deferida pelo poder Judiciário”.

O mandado de prisão preventiva foi devidamente cumprido. A arma de fogo da corporação militar, usada na prática do crime, foi apreendida e será encaminhada ao Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. O acusado está sendo encaminhado ao presídio Anastácio das Neves, em Belém.