Mesmo em meio à pandemia, as praias do estado do Pará têm atraído muitas pessoas em busca de diversão. Pensando no bem-estar e lazer dos frequentadores, o Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso (HRSP), gerenciado pela Pró-Saúde em Marabá (PA), dá dicas importantes de alimentação para aproveitar melhor o verão.

Para a Nutricionista do HRSP, Mariana Oliveira, além dos cuidados que devem ser tomados devido ao novo coronavírus, como a higienização das mãos, uso das máscaras e evitar aglomerações, a alimentação é um item fundamental para os dias de verão, especialmente para quem vai a praia.
“A higiene com os alimentos, a hidratação e a preferência por alimentos leves e in natura são essenciais para garantir uma alimentação balanceada e nutritiva durante o verão. Não podemos esquecer que estamos vivendo uma pandemia, devemos então manter o distanciamento social e adotar os protocolos de higienização para evitar o contagio com a Covid-19” explicou a nutricionista.

A unidade é mantida pelo Governo do Estado do Pará e presta atendimento 100% gratuito via Sistema Único de Saúde (SUS).

Confira algumas dicas da especialista para aproveitar com saúde o verão:

Que tipo de alimento é ideal para levar à praia?

Frutas cítricas e tropicais, chás gelados, água de coco e sucos naturais produzidos em casa, de preferência sem açúcar. Sanduíches naturais com pão de forma integral ou pão sírio integral, barra de cereal caseiras, cookies integrais, entre outros.

Quais alimentos devem ser evitados?

Evite alimentos não refrigerados especialmente na praia se for comprar, dentre eles queijos, camarão e sanduíches devido estarem muito tempo fora do ambiente de refrigeração. Modere o consumo da bebida alcoólica, pois além de serem ricas em calorias, possuem efeito diurético, comprometendo assim a hidratação e são pobres em valor nutritivo.

Para as crianças, quais os alimentos mais indicados?

Frutas ou doces a base de frutas, sorvetes de fruta no palito, salada de frutas, gelatinas e vitaminas de frutas. O importante é garantir que as crianças consumam alimentos leves e nutritivos com cardápios saudáveis.

Quais alimentos contribuem a manter o bronzeado?

Os alimentos de coloração amarelo-alaranjados e algumas folhas verde escuras, por serem ricos em nutrientes, como as vitaminas A e E, antioxidantes e o betacaroteno, que estimulam a produção de melanina. Os principais alimentos indicados são cenoura, mamão, abóbora, beterraba, acerola, além das folhas verdes escuras como rúcula, couve, espinafre, agrião e brócolis.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.
A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.