Connect with us

Marabá

Polícia Civil desarticula esquema de locação e venda fraudulenta de veículos no sudeste do Paraense

Avatar

Published

on

A Polícia Civil deflagrou, nesta sexta-feira (06), a operação Sangria sob coordenação do Núcleo de Inteligência Policial por meio do Núcleo de Apoio à Investigação de Marabá. A ação policial ocorreu nos municípios de Marabá, Curionópolis, Parauapebas, Tucumã, Tailândia e São Geraldo do Araguaia, no sudeste do Estado, para dar cumprimento de mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão que resultaram em prisões em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Sete pessoas foram presas.

Foram presos Carlos Lázaro Paiva Junior, Rub Leal Nunes Lima, Elenilson Oliveira Gabriel, André Cicero Fernandes Arcanjo, Luizmar Evaristo de Sá, Jhonathan Paiva Oliveira e Fabio Conceição da Silva. A operação foi deflagrada após investigação que durou 5 meses sobre furtos a veículos de locadoras praticados por uma associação criminosa em diversas regiões do país. Os veículos eram transferidos de forma fraudulenta e criminosamente para terceiros ou aos próprios membros da associação criminosa. Os crimes contavam com a participação de um ex-gerente e do vistoriador do Detran de Curionópolis, de um despachante de Marabá, de um assaltante de veículos de vasta ficha criminal e outros membros do grupo.

Eles se valiam dos crimes de corrupção ativa e passiva, inserção de dados falsos em sistema, falsidade ideológica, estelionato, associação criminosa, furto qualificado pela fraude e outros crimes em apuração.

A associação criminosa aliciava pessoas para locar o carro na locadora de veículos e entregar a eles. Depois, transferiam a propriedade do veículo no sistema do Detran sem fazer a vistoria no veículo ou gerar processo. 

Em seguida, anunciavam a venda do carro no site OLX ou pessoalmente. Por fim, transferiam novamente para o comprador final, que podia ser de boa ou de má-fé.

Uma pessoa foi presa em flagrante. Foram apreendidos diversos objetos relacionados às práticas criminosas, como documentos fraudulentos dos veículos, notebooks, CPUs de computador, celulares, HDs externos, além de um revólver encontrado com o líder do grupo e uma espingarda apreendida com um homem que estava junto a um dos alvos da operação. Durante a ação policial, alguns indiciados tentaram fugir, mas foram capturados em uma estrada. Um deles estava com uma mochila cheia de roupas, itens pessoais, notebooks, HDs, documentos do Detran e até um passaporte, que indica a intenção de fugir do país. 

O despachante – um dos mentores do esquema – foi abordado ao chegar em São Geraldo do Araguaia em uma caminhonete adquirida em São Paulo, de propriedade de uma empresa locadora de veículos. A caminhonete seria mais um alvo dos furtos e posterior fraude e venda ilegal.

Ao avistar os policiais, ele jogou o seu celular no rio Araguaia, no momento em que chegava à balsa. A operação contou com a participação de policiais civis do Núcleo de Apoio à Investigação de Tucuruí, DECA (Delegacia de Conflitos Agrários) de Marabá e das Superintendências Reiobais do Sudeste do Pará, Alto Xingu e Lago de Tucuruí. Ao todo, mais de 50 policiais civis e 15 viaturas estiveram em atuação a ação policial. Os presos estão recolhidos à disposição da Justiça.

Policia Civil

O Site Zap Marabá foi criado com o intuito de dividir experiências e informações com o público Marabaense e de toda a região do Pará. Abordando diversos temas, mas principalmente temas policiais, o site vem conquistando cada vez mais leitores e seguidores nas redes sociais. Hoje contamos com mais de 6k de curtidas no facebook. Dentre os assuntos abordados, podemos destacar, ocorrências policiais, vagas de emprego, saúde, politica etc..

Continue Reading
Anúncios
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncios

Facebook

Instagram

Últimas Postagens

Copyright © 2018-2019 Zap Marabá. Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por MakerWeb.

error: Utilize a opção compartillhar !!